terça-feira, 21 de agosto de 2012

DESTAQUES DA LITERATURA BRASILEIRA

 
*Luiz Fernandes da Silva
   escreveu
    foto de francisco 
miguel de moura






         
           Não é de hoje que acompanho as atividades dos escritores brasileiros, com especialidade os paraibanos, e agora também os piauienses. Assim, começo por exaltar o talento desse poeta/escritor Francisco Miguel de Moura, considerado um dos  grandes escritores do Brasil e melhores sonetistas. Também, contista, cronista, romancista e crítico literário que reside no Estado do Piauí, onde mantém coluna semanal no jornal “O DIA”. O nosso Brasil deve ter o orgulho de contar com o seu talento. Seus livros, que andam por mais de uma trintena, circulam muito bem no panorama cultural do país. Entre essas obras, cito “Rebelião das Almas” e “Viragens”. O primeiro é de excelentes contos, prefaciado por outro grande sonetista, Paulo Nunes Batista, paraibano que habita as plagas de Goiás, para orgulho da nossa Paraíba. O segundo é de poemas, onde Francisco Miguel excele em seu lirismo. Ambos têm recebido o beneplácito do público e da crítica. O lirismo de Francisco Miguel de Moura aqui se sobrepõe a muitos e muitos outros, conquistando leitores e leitoras. 

Passando à Paraíba, autora recente que também se vem destacando é o da Profª Marinalva Freire da Silva, nome predominante nas nossas letras. Organizadora do livro “O Universo Poético” de Luiz Fernandes da Silva, obra premiada pelos seus méritos, também é autora do livro “Em Busca das Identidades Lingüísticas e Culturais”. Homenageio em poesia, também o despertar da cultura de Laura Santiago Rangel, com a tradução de “Augusto dos Anjos, Vida e Morte”, para o espanhol. Sua criatividade tem, assim, qualquer coisa que encanta o leitor pelo jogo das palavras e expressões. Outro nome que vem conquistando o público não só paraibano e brasileiro é o de Waldemar J. Solha, principalmente com o novo romance “Arkáditch”, e “Relato de Prócula” e tantos outros, além de sua atuação no cinema brasileiro: seus livros têm sido filmados e levados ao teatro, dando maior dimensão ao seu trabalho e sua engenhosidade. Boa parte de suas obras está esgotada. Seu brilho é inconfundível. 

Por falar em grandes nomes, que ultrapassaram as fronteiras do Estado e do país, a boa lembrança é Ariano Suassuna, com uma obra enorme, sendo as mais conhecidas e admiradas o “Auto da Compadecida” e o romance “Pedra do Reino”. Sua cultura, talento e inteligência são inegáveis. 

Como poetisa, Irene Dias Cavalcante, é a eterna embaixatriz da poesia paraibana, autora de “Eu, Mulher” , “Lirerótica”, “O Amor do Reverendo”, “A Menina do Velho Senhor”, “O Médico e a Noviça”, mais participação em diversas antologias. Irene Dias sabe captar as belezas do seu universo e, de leve, conquista o nosso público. Outro paraibano que está sempre em pauta, quando o assunto é cultura, é o prof. Adauto Ramos, presidente atual do Instituto de Genealogia e Heráldica da Paraíba, autor de mais de cem livros e plaquetas, todos da mais alta qualidade.  O Prof. Adauto Ramos escreve em estado de graça; tem recebido prêmios e mais prêmios, em nível nacional, pelos seus trabalhos de pesquisador, historiador e poeta. 

Enfim, todos esses destaques paraibanos ou não, como o escritor piauiense Francisco Miguel de Moura, merecem realmente nossa exaltação. São reais valores natos – talentos raríssimos dentro da literatura brasileira. E, com todo meu respeito, saúdo os escritores e escritoras que dão o melhor de si para que a literatura brasileira seja cada vez mais forte, aqui, ali, nacional e internacionalmente.

                                                   (Publicado no jonal  "O DIA", 25-8-2012)
___________________
Luiz Fernandes da Silva, jornalista paraibano, poeta premiado nacionalmente, autor de vários livros de poesias, ativista cultural e editor do premiado “Correio de Poesia” – jornal alternativo – mimeografado, editado em João Pessoa - PB.

2 comentários:

Dídimo Gusmão disse...

Mandou bem, Luiz Fernandes.
O Francisco Miguel, realmente é um dos melhores se não for o melhor dos sonetistas da atualidade.
Descreveu lindamente esse mestre que escreve com a alma e nos presenteia com o seu coração.
Parabéns pelo texto.

CHIICO MIGUEL disse...

Dídimo, te busquei na internete e não encontrei, por isto é aqui mesmo que quero agradecer o carinho e generosidade de sua afirmação a respeito do artigo de Luiz Fernandes da Silva, poeta paraibano dos bons.
abraços
francisco miguel de moura.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...