terça-feira, 10 de maio de 2011

REVIGORANDO...

FRANCISCO MIGUELDEMOURA
    para Mécia, de uns anos antes
                    

Amo-te ainda como antigamente,
Minha antiga mente se renova.

A flor não se murchou ao sol
Nem na sombra da falta
Do teu rosto de outrora.

Meu sorriso não terminou,
Esmoreceu de tantas primaveras,
Veras sem rimas primorosas,
Nem alguma prima.

O cheiro vem de longe
E, diferente,
É o mesmo:
–Tem as marcas do tempo
E as manchas no rosto
Pelo suor seco e sem máscaras
Do temporal que passou.

4 comentários:

Iram M. disse...

Foi o poema mais romântico que já li.
Vc realmente é um talento.
Imagina, meu marido fazendo um desse pra mim! Morreria.

Abraços de coração

carmen silvia presotto disse...

Que lindo o amor de vocês, tão bom estar aqui para este brinde.

Um beijo carinhoso aos dois, a ti Poeta Querido e Mécia.

Carmen.

CHIICO MIGUEL disse...

Obrigado, Carmem. Não sei como agradecer seu carinho.
Estive um pouco adoentado, por isto a minha ausência.

abraços de mécia também
francisco miguel de moura

CHIICO MIGUEL disse...

Obrigado, querida Iram M. Fico sensibilizado pelos comentários. Ficamos.Estive um pouco doente,por istoa minha ausência.
Abraços meus e de Mécia.
francisco miguel de moura

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...