sábado, 16 de maio de 2009

O SEGREDO







Francisco Miguel de Moura*





Foi ontem mesmo a cena que componho,
me está presente, e ainda sou feliz.
Aconteceu-me a mim como aprendiz
do amor, aquele que me quero e imponho.

Posso contá-la? Nem de pé me ponho!
Tinha um jovem feitiço e o olhar contente,
uma fenda entre os dois dentes da frente
e o seio farto entremostrando o sonho...

Logo tomou-me as mãos, deu-me um sorriso.
Lembrando, então, de antiga namorada,
beijei-lhe o rosto, sem perder o juízo.

E ela abraçou-me acarinhando a tez...
Hoje relembro a cena apaixonada
como se houvesse uma segunda vez.


__________ * Francisco Miguel de Moura - Poeta brasileiro, mora em Teresina, Piauí. E-mail:franciscomigueldemoura@superig.com.br

3 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

Francisco Miguel de Moura*
Já me detive outras vezes aqui em seu espaço literário, ler seus sonetos tornou-se um habito de monge, tal a grandiosidade de suas letras poéticas, pois trabalhas na perfeição desta arte maior, que é saber escrever um belo Soneto, meus cumprimentos, Efigênia Coutinho
ps: espero sua visita em meus Blogs

Maria Mécia Moura disse...

Querido esposo,obrigada pelo poema que botaste em minha pagina.
Gostei me fez lembra do passado.
beijãooo.

Andre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...